dias ordinários

IMG_20130501_174308eu procurei durante dezenove anos
um motivo para viver.

deste 1994 para cá,
encontrei diversos motivos para viver;
alguns deles hoje podem ser considerados os meus maiores motivos para morrer.

há dez anos atrás eu tinha completa ciencia de que,
caso acordasse durante a noite chorando, poderia abracar minha mãe
e afogar em seus bracos e seio o meu choro, minhas lágrimas, e secá-las em sua roupa.

tinha certeza que, de um modo ou de outro, ela estaria ali.

hoje, se eu acordar durante a noite chorando,
estarei sozinho?
afogarei minhas lágrimas no silencio desta casa?
secarei meu choro em meu travesseiro?

pode ser que sim,
mas a questão não é exatamente esta.

a mente constrói, parede por parede
o seu labirinto.

olhando para trás posso ver exatamente todos os momentos mais marcantes da minha vida;
se eu fechar os olhos agora, posso sentir com clareza inexplicável como era deitar no colchão da casa do dan e ver o renato jogar video-game num domingo, às onze da manhã.

se eu fechar os olhos agora, posso sentir com clareza inexplicável como era deitar ao pé do morro e ver mongaguá sob os meus olhos, e no fundo do oceano, o sol se pondo.

IMG_20130501_164849constantemente penso em morrer e em como seria proveitoso para resolver meus problemas.
e neste mesmo instante percebo que a porta ao lado pode me levar à felicidade,
e é exatamente isto que faz com que meu corpo se arrepie, com que meu coracao bata, e que eu tenha plena ciencia, não pela linguagem, não pela arte ou qualquer outra coisa.

eu sinto:
estou vivo.

e da mesma maneira que hoje estarei pronto para morrer,
amanhã irei querer mais do que tudo abracar cada um dos meus amigos
e dizer-lhes que os amo, que os odeio, e pedir-lhes desculpas por tudo que fiz.

sou um ser humano, no final das contas.
um ser humano sonhando por dias ordinários.

IMG_20130616_175055como é acordar, abrir as janelas e ver o sol iluminar o quarto?
olhar nos olhos de uma pessoa desconhecida e não sentir-se mal?
puxar uma nota de dois reais e jogá-la para o violinista tocando nas escadas da barra funda?

dias ordinários,
em que não há necessidade de masturbar seus problemas até pensar em morrer.
trabalhar, sentir-se satisfeito, receber o salário, gastá-lo e ter sua parcela de felicidade,
de bons momentos, de fotos que vão amarelar nos álbuns de família, de momentos que sentiremos falta quando estivermos casados e com um filho.

pelo que tudo indica, a vida é isto, né?
somos feitos para mudar, somos feitos para ser o devir,
somos as mudancas às quais devemos nos adaptar:
as madrugadas em que não poderemos mais secar os olhos manchados de choro em nossas mães,
os amigos que não mais poderemos olhar no rosto, porque não nos amam mais,
ou até mesmo lugares que devemos evitar por nos lembrar um coracao partido.

nós somos a água,
na foz e
na nascente.

IMG_20130616_220817a sensacao de dizer: eu te amo,
e ter certeza que seus dias valem mais do que qualquer outra coisa.

a sensacao de recostar a cabeca no ombro daquela garota que voce ama,
e de poder sentir seu cheiro; sentir que estes dias valem mais do que qualquer outra coisa.

a sensacao de pensar no futuro,
e sonhar com tudo aquilo que voce mais quer,
um apartamento em são paulo,
um apartamento em santos,
dinheiro para comprar alguma coisa só porque voce lembrou de alguém,
um carro para viajar à noite (e consequentemente ir para minas gerais conhecer a casa onde o milton nascimento cresceu);
sonhar, sabe?

manter o sonho vivo,
manter-se esperancoso, inspirado, pronto para criar, para amar, para abracar
e para esquecer.

estejamos preparados para chorar por amor,
para abracar o mais forte possível nossos pais, nossos irmãos,
estejamos preparados para abracar forte nossas sobrinhas
e ensiná-las:

não há nada mais lindo
do que um dia ordinário.

IMG_20130511_174716

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Comenta aí, mano!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s