estilhaçar

IMG_20130930_110921sorrateiramente me fiz assim,
exatamente o que sou.

das chuvas que tomei,
as palavras que eu não disse;
as febres que me trouxeram até aqui.

se hoje estou de pé,
e se hoje temo o escuro
há nisto meu sangue
pisado.

IMG_20130930_160333os dias que vão
em vão.

dias chuvosos me fazem pensar:
o que exatamente estou fazendo da minha vida?

o som da chuva reverberando pela casa
caindo sobre o telhado, vazando pelas feridas abertas
de um homem inacabado,
mas perto de seu fim.

peles rasgadas, feridas abertas
olhos que ainda choram escondidos
toda santa noite.

IMG_20131006_081440o eterno silêncio de ser
de estar junto, mas sozinho.

os olhos das pessoas que te observam
mas não te enxergam
e aos poucos pisam em você
até que você se torne a barata pisada
e morta.

um espantalho meio a uma festa,
curtidas em um comentário que te humilha;
respostas grosseiras, chutes na nuca
e por fim, o rosto que cospe em você.

estes são seus amigos
os que vão apunhalar e humilhar a imagem que você vê no espelho
até que você se afunde em tamanho arco e flecha sem precisão
para que um dia atire-se ao nada, até que morra com sua própria incisão
[aquela que buscava retalhar o seu coração.

IMG_20130921_182715

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Comenta aí, mano!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s