IMG_20130728_042235lentamente despejo os pés no chão
e sobre eles, todo o peso da existência.

afogando as provas de que, em verdade
um grande fracasso pesa a cada passo que é dado.

imagina o inferno de acordar
e com o abrir dos olhos, abrir um milhão de feridas.

IMG_20130805_213002os perigos de se mostrar qualquer tipo de fraqueza.

uma das palavras era impotência,
a outra não lembro.

IMG_20130804_155136aos poucos,
tudo aos poucos.

caminho em solavancos
como se todo caminho fosse um subterfugio
fugindo, fugindo
fugindo

toda esquina que entorno
todos os olhos que nao olho
é tudo uma fuga
uma eterna fuga

passado, presente
futuro?

IMG_20130804_075023o carro bate, as criancas choram
as maes morrem
os pais esmorecem
os irmaos se desfazem em distancia.

tantos anos e nada.

lembra?

quantas vezes eu te escrevi
e como ainda voce é intocavel

quantos presentes quis dar
quantas vezes nao nos vimos

bem, indo,
cansado

muda de assunto
fica quieto
vai embora

caminha em silencio
fecha os olhos
pensa “meu deus, o que eu estou fazendo aqui?“

eu queria ficar
junto com voce

andar
perder a noite
sozinho junto
um cigarro

besteiras no ar
seu riso
chove

noite inteira arrependendo-se

deita a cabeca na cama
mas queria que fosse o seu colo

ainda vou ficar imaginando um milhao de coisas
melhor assim

IMG_20130729_162055

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Comenta aí, mano!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s