Arquivo do mês: março 2013

Poema para o fim de um expediente

No terminal rodoviário Barra Funda com os cabelos brancos e lágrimas nos olhos o pai se despedia da filha abraçava-a, contornava seu corpo com as mãos trêmulas, os braços descascados demorava a soltá-la; sussurrava ao ouvido, apalpava-lhe as costas, como … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário