Arquivo do mês: dezembro 2012

O convite para o suicídio

Doendo profundamente, olhei, cuidei o horizonte N’uma pedra apoiei o resto do que sou eu Estilhaços de um amor que não mais existe E meus olhos vertem em lágrimas A solitude tornou-se um âmbito inevitável O frio em meus braços … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | 2 Comentários

A cura é a causa

Quando eu nasci me deram uma sacolinha de mercado vazia; o tempo foi passando e a cada dia que eu acordava e percebia que a vida era medíocre, enchia a sacolinha com um pouco de esterco. Os anos se passaram, … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário